Tudo sobre Blefaroplastia

Tempo de leitura: 4 minutos

A blefaroplastia é a cirurgia indicada para aquelas pessoas que estão incomodadas com o aspecto pesado, triste e cansado do olhar. Ela corrige a flacidez das pálpebras, rugas e bolsas de gordura.

Se você tem curiosidade ou até mesmo está pensando em realizar a blefaroplastia para melhorar sua aparência, continue lendo!

Vou tirar todas as suas dúvidas.

Blefaroplastia: o que é, quem pode fazer, como é a cirurgia e o pós-operatório

A blefaroplastia é um dos procedimentos estéticos que tem aumentado a procura em consultórios.

Existem dois tipos da cirurgia:

●    Blefaroplastia inferior: feita na pálpebra inferior, parte de baixo dos olhos;

●    Blefaroplastia superior: feita na pálpebra superior, parte de cima dos olhos.

O objetivo dela é retirar excessos de pele e bolsas de gordura, trazendo uma aparência mais jovem e um olhar mais atraente para a região dos olhos.

Quem pode fazer a blefaroplastia

Não há restrição de idade.

Há alguns casos, de pessoas jovens, por ter tendência genética ou características individuais que possam incomodar e que podem realizar a blefaroplastia.

Vale ressaltar que essa cirurgia plástica pode não ter somente o objetivo estético. Pessoas que têm algum problema nos olhos ou na visão podem se beneficiar desse procedimento.

Como é feita a cirurgia

Antes da cirurgia, o médico (cirurgião plástico) deverá explicar os riscos e benefícios, além de pedir uma série de exames, como o exame de sangue, o risco cirúrgico e avaliação pré anestésica.

Antes do dia do procedimento, é importante que o paciente siga algumas orientações do pré operatório, que são:

●    Parar de usar medicamentos anticoagulantes;

●    Não fumar por pelo menos um mês antes da cirurgia;

●    Não usar cremes e maquiagens na véspera e no dia da cirurgia;

●    Realizar jejum de 8 horas antes do procedimento.

É uma cirurgia, simples, rápida e com poucos riscos e o paciente tem alta prevista para o mesmo dia

Ela é feita com anestesia local e sedação; e com a presença do médico anestesista durante todo o procedimento.

Vamos ver como é feito o procedimento?

Primeiramente, é feita a marcação da área a ser operada para ver o quanto de pele e gordura precisará ser retirado.

O tempo de duração da operação varia dependendo do paciente. Geralmente, dura entre uma e duas horas.

Para evitar inchaços e roxos ao redor dos olhos, são colocadas gazes molhadas com soro fisiológico na área onde é feito a cirurgia por 48 horas.

Pós-operatório e resultados

Trata-se de uma cirurgia de fácil cicatrização.

A retirada dos pontos (que são internos) é feita, geralmente, no primeiro retorno (7º dia P.O.); e na maioria das vezes indolor.

Alguns cuidados podem (e devem!) ser tomados no pós-operatório, principalmente nos primeiros dias, como, por exemplo:

●    Fazer compressas com soro fisiológico gelado várias vezes ao dia por 48 horas;

●    Dormir com travesseiros mais altos e de barriga para cima por 30 dias;

●    Usar óculos escuros sempre que sair no sol;

●    Não coçar os olhos.

●    Não tomar banho com água muito quente e nem utilizar secador de cabelo;

Sobre o resultado, nas pálpebras superiores, as cicatrizes ficam totalmente escondidas quando o paciente está com os olhos abertos, ou seja, elas são super delicadas.

Nas pálpebras inferiores, a cicatriz fica bem próxima dos cílios, o que também a deixa quase imperceptível.

Se tiver dúvidas sobre as cicatrizes, acesse este artigo que fiz: cuidados para ter uma boa cicatrização no pós-operatório.

Sobre a volta à rotina, não há muitas restrições. O médico irá avaliar quando vai ser seguro retomar a suas atividades e quando a exposição natural ao sol pode ser feita somente após 90 dias. Use a abuse de óculos, viseiras, protetor solar.

Mais uma vez eu pontuo: cada paciente é diferente do outro.

Por isso, é sempre muito importante que você busque uma equipe especializada e competente para a realização de qualquer procedimento estético, principalmente os cirúrgicos.

Além disso, conversar sobre todo o procedimento e seguir os cuidados do pré e do pós-operatório são essenciais para a boa recuperação da blefaroplastia.

Você quer saber mais sobre o meu trabalho e assuntos relacionados a cirurgias plásticas? Acesse meu site e acompanhe o meu blog. E, para mais novidades, me siga no Facebook e no Instagram!

Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.