Saiba mais sobre a abdominoplastia

Tempo de leitura: 4 minutos

A abdominoplastia é um procedimento cirúrgico estético realizado para remover gordura localizada e pele em excesso da região abdominal. 

Trata-se de uma das cirurgias mais realizadas e está diretamente ligada a queixas relacionadas à insatisfação com a forma, volume, flacidez e integridade da pele de seu abdômen. 

Se você tem o desejo de fazer uma cirurgia estética do tipo, continue a leitura e entenda para quem a abdominoplastia é indicada, em que situações e como ela é feita!

abdominoplastia

Abdominoplastia: tudo o que você precisa saber antes de realizar a cirurgia

O objetivo do procedimento é promover a melhora estética e a satisfação da pessoa com a própria aparência. Para isso, é realizada a remoção do tecido adiposo (camada que contém a gordura) e reposicionamento dos músculo reto abdominais, deixando-os com aparência mais tonificada.

Há também a chamada abdominoplastia higiênica, que visa a redução de volume e o remodelamento do abdome, ou barriga, em “avental” (termo dado ao conjunto de gorduras e dobras na região).

A cirurgia pode ser indicada para pessoas que tiveram distensão na região, seja por excesso de peso ou pelas mudanças provocadas por gestações.

Durante a gravidez, os músculos reto abdominais se abrem para dar espaço para o crescimento do útero. Uma vez que a cirurgia reposiciona esses músculos, aconselha-se que somente pacientes que já tiveram filhos e não desejam mais gestações o façam. 

Após o procedimento, a gravidez é contraindicada. O desenvolvimento gestacional ocorre normalmente e não é afetado pela cicatriz cirúrgica, mas a musculatura pode não retornar à sua posição normal, deixando sequelas estéticas irreparáveis como flacidez e protusão abdominal (balonamento abdominal).

Como é feita a abdominoplastia

A abdominoplastia é uma cirurgia que consiste em uma incisão semicircular entre as espinhas ilíacas, na região hipogástrica, assim como uma incisão da cesárea.

O tamanho da incisão dependerá do volume total de pele e do excesso de gordura a ser retirado, ou seja, quanto maior o abdômen, maior a incisão

Após feita a incisão cirúrgica, a pele e a gordura são dissecadas até o rebordo costal, expondo toda a musculatura abdominal. Durante esse procedimento, o umbigo é recortado individualmente para que permaneça em sua posição original. 

Feito isso, o excesso de tecido é retirado e a musculatura é reposicionada através de plicaturas (pregas) para melhorar a tensão da parede abdominal, garantindo ótimo resultado estético. 

A ferida operatória é, então, fechada com uma técnica de sutura em três planos para facilitar a cicatrização, deixando somente uma cicatriz discreta. 

Em alguns casos, é recomendado que seja feita uma lipoaspiração com a abdominoplastia. O procedimento, quando realizado na região dorsal, melhora o contorno corporal como um todo.

Cuidados antes e após a cirurgia

Para que se obtenha um resultado satisfatório, os cuidados pré e pós-operatórios, prescritos pela equipe médica e de enfermagem, devem ser seguidos com atenção e seriedade. 

Antes da cirurgia, é recomendável a interrupção do consumo de cigarros. Em relação aos cuidados que devem ser realizados após a cirurgia, podemos destacar:

  • Utilização de malhas compressoras;
  • Suspensão de atividades físicas até a recuperação;
  • Cuidados com o curativo;
  • Realização da deambulação ativa;
  • Ingestão de líquidos;
  • Evitar a exposição direta e prolongada ao sol;
  • Evitado esforço físico desnecessário;
  • Manter uma alimentação saudável e balanceada;
  • Comparecer aos retornos para o acompanhamento da cicatrização no pós-operatório

Resultados esperados

O resultado de qualquer cirurgia plástica depende de vários fatores – e a abdominoplastia não é exceção à regra. 

A genética, o turgor da pele (elasticidade), a presença de estrias, a quantidade de gordura intra-abdominal, o peso do paciente e a qualidade da musculatura intra-abdominal são os fatores que mais interferem no resultado. 

A qualidade da musculatura é o fator de maior impacto no resultado e se refere à força por unidade de massa muscular treinada. Essa força pode ser intensificada através da prática regular de atividades físicas e é influenciada por fatores genéticos.

Uma parede muscular intra-abdominal treinada e tonificada tem maiores chances de apresentar um melhor resultado, pois é mais capaz de sustentar o conteúdo abdominal.

A abdominoplastia é indicada para pessoas que sofreram com o excesso de peso e mulheres que não desejam mais engravidar. A cirurgia pode restaurar a aparência física e, consequentemente, o bem estar da pessoa.

Caso seja de desejo do paciente realizar uma cirurgia de abdominoplastia, um cirurgião plástico de confiança deve ser consultado, para definir qual a melhor abordagem e obter os resultados desejados.

O blog Dr. Fernando Amaral sempre traz informações atualizadas para o seu público. Siga-nos também nas redes sociais – Facebook e Instagram – para receber notificações e novos artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *