Cuidados para favorecer uma boa cicatrização no pós-operatório

Tempo de leitura: 3 minutos

Procedimentos estéticos envolvem cuidados antes e após a cirurgia. É muito importante que pessoas que desejam se submeter a esses tratamentos sejam cautelosas para evitar problemas como as cicatrizes no pós-operatório.

Cicatrizes são fenômenos naturais do nosso organismo. Elas são a soluções para o tratamento de lesões e visam manter o corpo íntegro e em bom funcionamento. O processo de cicatrização é muito relativo e suas consequências podem depender de fatores.

Sendo estes relacionados às condições gerais do paciente, como: idade, estado nutricional, tabagismo, comprometimento circulatório, utilização de alguns medicamentos e fatores relacionados às condições da ferida, além da qualidade da cicatriz que é algo pessoal.

O que se sabe é que quando mal cuidada pode tomar grandes proporções, como ficar extremamente pigmentada, larga ou mesmo demorar muito para finalizar o processo de cura, provocando cicatrizes mais evidentes.

Essas consequências vão à contramão de uma intervenção estética e para evitá-las é preciso que o paciente tome alguns cuidados. Quer saber quais? Confira o artigo!

cicatrizes no pós-operatório

Como favorecer uma boa cicatrização no pós-operatório

Para obter melhores cicatrizes no pós operatório é necessário seguir à risca as orientações médicas.

Respeite o tempo de recuperação

Em primeiro lugar, o tempo de recuperação, que varia de procedimento para procedimento, deve ser obedecido, sem ressalvas. Esse período é essencial para que o organismo entenda a mudança feita e se adapte. 

Cuidado com o curativo, repousos recomendados conforme o procedimento, compressão na ferida operatória, exposição restrita ao sol são algumas das medidas protetivas para uma boa cicatrização.

A conclusão, portanto, é que o processo de cicatrização é longo e dinâmico onde a cicatriz definitiva só poderá ser observada após 1 ano de procedimento.

Informe seu histórico médico

Além de realizar os exames laboratoriais, é importante comunicar ao médico seu histórico de cicatrizes, caso você já tenha desenvolvido quelóide ou cicatriz hipertrófica. 

No entanto, vale ponderar que cada região do corpo tende a cicatrizar de uma forma. Por isso, faça um exercício na memória e busque recordar ferimentos, arranhões e até queimaduras antigas para entender melhor como o seu organismo processa esses eventos.

Conheça os procedimentos bem como o cirurgião

Hoje, prevenir má cicatrização cirúrgica tem se tornado uma realidade cada vez mais comum. A tecnologia moderna usada em laboratório, em conjunto as melhores técnicas, são o segredo de se evitar intercorrências cirúrgicas. 

Curativos biotecnológicos, placas de silicone e massagens com produtos especiais também são algumas das formas de se acelerar o processo de modo saudável.

Portanto, antes de fazer qualquer procedimento estético, busque conhecer bem o especialista responsável pela cirurgia

Os cuidados para obter bons resultados no pós operatório se iniciam bem antes da intervenção e ficar atento a esses cuidados com cicatrizes faz toda diferença no resultado final. Vale ponderar também que é imprescindível buscar o médico se observada qualquer irregularidade na cicatrização.

O Hospital Forma e o Dr. Fernando Amaral são referências em cirurgias plásticas em Belo Horizonte e região; por isso, se preocupa em oferecer conteúdo de qualidade para seus clientes e público geral. 

Curta minha página no Facebook e me siga no Instagram para ficar por dentro das melhores informações sobre intervenções e cuidados estéticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *