Como escolher o cirurgião plástico ideal?

Tempo de leitura: 4 minutos

Modificar o próprio corpo é uma decisão muito íntima, delicada e pessoal. Não se trata de uma simples escolha, tudo que envolve essa questão é primordial para que o procedimento seja bem-sucedido, sobretudo escolher o cirurgião plástico ideal.

Graças à medicina moderna é possível modificar, com segurança, aquilo que não se enquadra em seu padrão de vida e não representa sua personalidade e seus desejos estéticos.

Por outro lado, é essencial escolher um cirurgião plástico que correspondam às suas necessidades. Neste artigo, vamos apresentar os critérios que um paciente deve analisar antes de escolher o responsável pela tão sonhada cirurgia plástica.

escolher o cirurgião plástico ideal

Principais critérios para escolher o cirurgião plástico

Não há problema algum em questionar e expor suas dúvidas ao médico. Afinal, um bom profissional estará sempre disposto a ouvir seu paciente e responder às suas perguntas.

Abaixo está listada uma série de perguntas que podem ajudar a entender o valor de um cirurgião. Confira.

Possui cadastro ativo no Conselho Regional de Medicina?

Para comprovar se o especialista é habilitado à profissão, confira junto ao Conselho Regional de Medicina, do lugar onde ele atua, se o seu cadastro está ativo. Este é um critério de segurança indispensável.

Qual sua formação?

Para exercer a profissão sem ressalvas, o cirurgião deve ser formado em Medicina. Busque informações sobre a faculdade que cursou e suas referências no mercado.

Além da graduação, as residências e especializações são critérios indispensáveis, pois elas conferem o título de especialista. De forma geral, um médico especializado em cirurgia plástica no Brasil precisa passar pelas seguintes etapas:

  • Graduação em Medicina (6 anos).
  • Residência Médica em Cirurgia Geral (de 2 a 3 anos).
  • Residência Médica em Cirurgia Plástica (3 anos).
  • Residências em: Microcirurgia, Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial e Cirurgia de Mão (pelo menos 1 ano, cada).

Faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)?

O médico que ingressa na SBCP passa apor um intenso treinamento, que engloba teoria e prática, durante dois anos. Após esse período ele passa por mais três anos de especializações e, finalizadas as avaliações, se torna especialista e membro credenciado da SBCP.

Essa entidade preza pela segurança e excelência, além de representar a categoria profissional. Faça uma busca no portal e certifique-se de que o cirurgião que vai conduzir seu procedimento faz parte do órgão.

Como foi sua primeira consulta?

O primeiro contato diz muito sobre a médico. Analise se ele tem preocupação em elucidar todas as suas dúvidas, se mostrou-se solícito e transmitiu confiança. Vale avaliar também se ele foi transparente nas respostas e se tem uma postura adequada ao seu trabalho.

A primeira consulta é também a etapa de alinhamento de expectativas. Busque conhecer a técnica adotada por seu consultório, quais suas orientações gerais sobre a cirurgia e, particularmente, analise sua preocupação com seu quadro de saúde. 

Há quanto tempo o profissional atua em sua área?

Quanto mais experiente o profissional, maiores são as chances de sucesso de um trabalho, sobretudo numa mesa de cirurgia. Por isso, informe-se sobre seu portfólio e procedimentos que já tenha realizado.

Sua clínica está de acordo com as normas?

Ter uma clínica bem equipada, com bom atendimento e equipamentos modernos é um bom indicativo do perfil do profissional, mas isso não é tudo. Busque também saber sobre o alvará de funcionamento e licença sanitária do local. 

Essas são as perguntas essenciais a serem respondidas para escolher o cirurgião plástico ideal. Lembre-se também de conversar com quem já passou por procedimentos estéticos para pedir referências e orientações.

Cirurgias estéticas são procedimentos complexos que envolvem muita experiência e investimento em estudos e especializações, por parte do cirurgião. Por isso, desconfie daqueles que oferecem valores muito abaixo do mercado.

Escolher o cirurgião plástico ideal é apenas o primeiro passo para uma cirurgia de sucesso. Para se manter informado sobre dicas e cuidados gerais no pré e pós-operatório, continue acompanhando o blog Dr. Fernando Amaral e suas redes sociais – curta a página no Facebook e siga seu Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *