Cirurgia de Mama: cuidados antes do procedimento

Tempo de leitura: 3 minutos

O aumento dos seios está no topo do ranking entre as intervenções estéticas mais procuradas nas clínicas brasileiras, colocando a cirurgia de mama entre os procedimentos cirúrgicos mais realizados no país.

Apenas em 2016, registrou-se 288.597 casos de colocação de prótese mamária no Brasil, atentando para a necessidade de um pré-operatório sem falhas.

De fato, a forma e o tamanho das mamas são de grande importância, até mesmo entre os homens. A autoimagem estética é um fator muito relevante para a saúde mental e autoconfiança, afinal sentindo-se bem as pessoas são mais empoderadas.

A cirurgia pode ser realizada para aumentar, diminuir, levantar e até reformar os seios. Assim, se você tem interesse em realizá-la, confira este artigo, conheça as principais cirurgias de mama e as orientações essenciais para antes do procedimento. Boa leitura!

cirurgia de mama

Principais cirurgias de mama

Existem quatro principais cirurgias de mama.

Mamoplastia de aumento

A mamoplastia de aumento é indicada para quem tenha enfrentado processos como a mastectomia, lesões ou perda substancial de volume mamário – devido à amamentação e perda de peso. A cirurgia consiste no implante de silicone, em quantidade combinada entre cirurgião e paciente.

Mamoplastia redutora

No sentido oposto à anterior, a mamoplastia redutora pode ser realizada por mulheres desconfortáveis com o tamanho de seus seios. Mamas muito grandes podem ser mais que um problema estético: elas causam dores nos pescoços e costas e podem levar a complicações na coluna.

Na modalidade redutora, a mamoplastia retira a gordura excessiva, reparando também a pele e o tecido glandular. O procedimento também garante que as mamas fiquem proporcionais e firmes – por meio da pexia da mama.

Lifting de mama

Lifting ou mastopexia é a remoção do excesso de pele, reposicionamento da aréola e forma de um contorno mais adequado às mamas.

Ao longo da vida, os seios passam por processos que podem torná-los flácidos, caídos e desproporcionais. O lifting de mama é a solução para repará-los.

Reconstrução mamária

A reconstrução mamária, por fim, existe para recuperar o tamanho e a forma de seios retirados, seja por causa de câncer ou mastectomia. Vale ressaltar que apesar de aparência normal, as mamas não voltarão a sua forma e visual originais.

Quais os principais cuidados antes do procedimento?

Antes de qualquer decisão é imprescindível buscar um bom cirurgião plástico e falar com honestidade sobre: seus motivos, expectativas, históricos cirúrgicos, resultados de exames, casos de hereditariedade – como o próprio câncer de mama – e seu atual quadro de saúde atual.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica aconselha que qualquer detalhe, como alergia a medicamentos, ou a componentes químicos e orgânicos, sejam repassados ao especialista, pois esse conhecimento faz diferença para uma cirurgia segura e bem sucedida. 

Nesse mesmo sentido, é preciso informar o uso de medicamentos, vitaminas e consumos de drogas, como fumo, álcool e outras substâncias.

Antes da cirurgia de mama, pode ser necessário:

  • fazer uso de medicamentos e evitar tudo que não for prescrito;
  • interromper o fumo e
  • realizar exames ou testes de avaliação médica, como a mamografia.

Para que consiga atingir seus objetivos estéticos e gozar de boa saúde é essencial seguir à risca as orientações médicas. Nunca se esqueça, também, de que a cirurgia deve ser conduzida em local reconhecido pela Vigilância Sanitária e órgãos competentes. Da mesma forma, o cirurgião deve estar habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Continue acompanhando o blog Dr. Fernando Amaral e mantenha-se informado sobre as principais tendências e cuidados em cirurgias estéticas, como a cirurgia da mama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *